top of page

Group

Public·37 members

Tess Of The D'urbervilles Livro Em Portugues Pdf Download




Tess of the D'Urbervilles: Um Clássico da Literatura Inglesa


Tess of the D'Urbervilles: Um Clássico da Literatura Inglesa




Você já ouviu falar de Tess of the D'Urbervilles, ou Tess dos D'Urbervilles em português? Esse é um dos romances mais famosos do escritor inglês Thomas Hardy, publicado pela primeira vez em 1891. A obra conta a história trágica de Tess, uma jovem camponesa que descobre ser descendente de uma antiga e nobre família, os D'Urbervilles. Mas o que poderia ser uma oportunidade de ascensão social se torna um pesadelo para Tess, que sofre as consequências de uma sociedade conservadora, machista e hipócrita.


Download: https://8conriagaso.blogspot.com/?download=2w3zJW


Neste artigo, vamos conhecer um pouco mais sobre o autor, o contexto histórico, a trama e as adaptações de Tess of the D'Urbervilles. Se você gosta de literatura clássica, não pode deixar de ler esse livro!


Quem foi Thomas Hardy?




Thomas Hardy nasceu em 1840 em Dorset, uma região rural no sudoeste da Inglaterra. Filho de um pedreiro e uma dona de casa, ele teve uma educação modesta, mas desenvolveu desde cedo o gosto pela leitura e pela escrita. Hardy trabalhou como arquiteto por alguns anos, mas abandonou a profissão para se dedicar à literatura. Ele escreveu 18 romances, além de contos e poesias, e se tornou um dos maiores nomes da literatura inglesa do século XIX.


Hardy é considerado um escritor realista, que retratou com precisão e crítica a sociedade vitoriana, marcada por profundas transformações econômicas, sociais e culturais. Ele também foi influenciado pelo romantismo e pelo naturalismo, explorando os temas do amor, da paixão, do destino e da natureza. Hardy criou o cenário fictício de Wessex, inspirado na sua região natal, onde ambientou a maioria de seus romances. Wessex é um lugar onde o passado e o presente se confrontam, onde a tradição rural e a modernidade urbana se chocam.


Entre as obras mais conhecidas de Hardy estão Far from the Madding Crowd (1874), The Return of the Native (1878), The Mayor of Casterbridge (1886), Tess of the D'Urbervilles (1891) e Jude the Obscure (1895). Hardy foi um autor polêmico em sua época, pois desafiou os valores morais e religiosos da sociedade vitoriana. Seus livros foram criticados por abordarem temas como o adultério, o divórcio, o suicídio e a sexualidade. Hardy também foi um defensor dos direitos das mulheres e dos animais, expressando suas ideias progressistas em seus textos.


Qual é o contexto histórico de Tess of the D'Urbervilles?




Tess of the D'Urbervilles se passa na segunda metade do século XIX, uma época de grandes mudanças na Inglaterra e no mundo. O país vivia o auge da Revolução Industrial, que trouxe o desenvolvimento econômico, tecnológico e científico, mas também a desigualdade social, a exploração do trabalho e a poluição ambiental. A Inglaterra era a maior potência imperialista da época, dominando vastas colônias na Ásia, na África e na Oceania.


Ao mesmo tempo, o país enfrentava uma crise política e social interna, causada pela Primeira Grande Depressão (1873-1896), que gerou recessão econômica, desemprego e fome. A sociedade vitoriana era marcada pelo conservadorismo moral e religioso, pelo patriarcado e pelo preconceito contra as classes baixas, as mulheres e os estrangeiros. A cultura vitoriana valorizava a hipocrisia, a repressão sexual e a aparência social.


Nesse contexto, Hardy retrata a vida dos camponeses de Wessex, que sofrem com a decadência do campo e a perda de suas tradições. Ele também mostra o contraste entre o campo e a cidade, entre a natureza e a civilização, entre o paganismo e o cristianismo. Hardy critica a sociedade vitoriana, que condena os indivíduos que não se encaixam em seus padrões morais e que não têm oportunidades de mudar suas vidas.


Qual é a trama de Tess of the D'Urbervilles?




Tess of the D'Urbervilles conta a história de Tess Durbeyfield, uma bela e inocente jovem que vive com sua família pobre em uma aldeia de Wessex. Um dia, seu pai descobre que eles são descendentes dos D'Urbervilles, uma antiga e nobre família que remonta à Idade Média. Animado com a possibilidade de melhorar de vida, ele envia Tess para trabalhar na casa de seus supostos parentes, os Stoke-D'Urbervilles.


Lá, ela conhece Alec D'Urberville, um jovem rico e sedutor, que se interessa por ela. Alec tenta conquistar Tess com presentes e elogios, mas ela resiste aos seus avanços. No entanto, uma noite, ele se aproveita dela e a violenta. Tess fica grávida de Alec, mas perde o bebê logo depois do nascimento. Ela decide abandonar Alec e voltar para sua família, tentando esquecer o que aconteceu.


Algum tempo depois, Tess consegue um emprego como leiteira em uma fazenda, onde conhece Angel Clare, um jovem fazendeiro e estudante de teologia. Eles se apaixonam e decidem se casar. Tess tenta contar a Angel sobre seu passado, mas ele não lhe dá ouvidos. Na noite de núpcias, ela finalmente revela a ele que foi seduzida por Alec. Angel fica chocado e não consegue perdoá-la. Ele decide abandoná-la e viajar para o Brasil.


Tess fica sozinha e desesperada. Ela tenta encontrar um trabalho digno, mas é rejeitada por todos por causa de sua reputação. Ela acaba reencontrando Alec, que se tornou um pregador religioso. Ele tenta convencê-la a voltar para ele, prometendo cuidar dela e de sua família. Tess resiste por um tempo, mas acaba cedendo à pressão de Alec e à miséria de sua situação.


Enquanto isso, Angel se arrepende de ter abandonado Tess e volta para a Inglaterra. Ele procura por ela e descobre que ela está vivendo com Alec. Ele vai ao encontro dela e pede que ela fuja com ele. Tess fica feliz em ver Angel, mas sente raiva de Alec por ter arruinado sua vida. Ela decide matar Alec com uma faca e fugir com Angel.


Tess e Angel passam alguns dias felizes juntos, mas sabem que estão sendo perseguidos pela polícia. Eles chegam à antiga mansão dos D'Urbervilles, onde se refugiam por uma noite. Na manhã seguinte, a polícia encontra Tess dormindo em uma cama antiga, cercada por símbolos da nobreza decadente. Ela é presa e condenada à morte por assassinato. Antes de ser executada, ela pede a Angel que cuide de sua irmã mais nova, Liza-Lu.


Quais são as adaptações de Tess of the D'Urbervilles?




Tess of the D'Urbervilles é uma obra que inspirou diversas adaptações para o cinema, o teatro e a televisão. A versão mais conhecida é o filme de 1979, dirigido por Roman Polanski e estrelado por Nastassja Kinski como Tess e Leigh Lawson como Alec. O filme foi premiado com três Oscars: melhor fotografia, melhor direção de arte e melhor figurino.


Outras adaptações notáveis são: - A ópera The Sons of the Morning (1928), comp - A ópera The Sons of the Morning (1928), composta por Rutland Boughton e baseada em um libreto de Reginald Buckley, que adapta o romance para um contexto mitológico e simbólico. - O filme Tess (1998), dirigido por Stijn Coninx e estrelado por Ellen ten Damme como Tess e Dirk Roofthooft como Alec, que transpõe a história para a Bélgica contemporânea. - A minissérie Tess of the D'Urbervilles (2008), produzida pela BBC e estrelada por Gemma Arterton como Tess e Hans Matheson como Alec, que segue fielmente o texto original de Hardy. - O musical Tess: The New Musical (2013), escrito por Michael Blevins e adaptado por Thomas Tierney, que apresenta canções originais inspiradas na obra de Hardy. - O filme Trishna (2011), dirigido por Michael Winterbottom e estrelado por Freida Pinto como Trishna e Riz Ahmed como Jay, que recria a história na Índia moderna.


Por que ler Tess of the D'Urbervilles?




Tess of the D'Urbervilles é um clássico da literatura inglesa, que merece ser lido por sua beleza, profundidade e relevância. O romance é uma obra-prima de Thomas Hardy, que demonstra sua habilidade narrativa, sua sensibilidade poética e sua visão crítica da sociedade vitoriana. O livro é uma denúncia das injustiças sociais, das opressões de gênero e da hipocrisia moral que afetam a vida das mulheres, especialmente as mais pobres e vulneráveis.


Tess of the D'Urbervilles é também uma história de amor, paixão, sofrimento e redenção, que emociona e comove os leitores. Tess é uma das personagens mais complexas e fascinantes da literatura, que representa a força, a pureza e a dignidade da alma humana. Ela é uma heroína trágica, que luta contra o destino cruel que lhe foi imposto pela sociedade e pela natureza. Ela é uma vítima, mas também uma rebelde, que desafia as convenções e os preconceitos de sua época.


Tess of the D'Urbervilles é um livro que nos faz refletir sobre as questões éticas, morais e existenciais que envolvem a condição humana. É um livro que nos faz questionar os valores e as normas que regem nossa sociedade. É um livro que nos faz admirar a beleza e a harmonia da natureza, mas também nos faz temer sua força e sua indiferença. É um livro que nos faz sentir a dor e a alegria de viver.


Como baixar o livro em português?




Se você ficou interessado em ler Tess of the D'Urbervilles em português, você pode baixar o livro em formato PDF gratuitamente neste link. O livro está disponível em domínio público, pois sua edição original foi publicada há mais de 100 anos. Você pode ler o livro no seu computador, tablet ou celular, ou imprimir uma cópia se preferir.


Esperamos que você tenha gostado deste artigo sobre Tess of the D'Urbervilles. Se você quiser saber mais sobre Thomas Hardy e suas outras obras, você pode visitar este site, que contém informações biográficas, bibliográficas e críticas sobre o autor. Se você quiser conhecer outras obras clássicas da literatura inglesa, você pode acessar este site, que oferece uma se


About

Welcome to the group! You can connect with other members, ge...
Group Page: Groups_SingleGroup
bottom of page